FAÇA SUA RESERVA AQUI
como-escolher-uma-pousada-na-praia-veja-a-resposta-aqui

Como escolher uma pousada na praia? Veja a resposta aqui!

O extenso litoral do nosso país, e o clima agradável quase o ano inteiro, fazem com que viagens à praia sejam as preferidas de muitas famílias brasileiras. Na hora de escolher a hospedagem, não há opção mais acolhedora do que uma boa pousada na praia.

A grande questão é: muita gente está cansada de viajar e se deparar com locais bem discrepantes em relação às fotos e informações divulgadas na internet.

Se você quer garantir uma pousada confortável, segura e bem localizada, vai gostar de conferir as dicas de hoje. Veja abaixo como escolher um local agradável para desfrutar da sua viagem ao litoral!

Ouça recomendações

Pedir recomendações a amigos e familiares é uma ótima ideia, principalmente se a pessoa conhece bem os seus gostos e sabe o que te agrada. Assim, fale com conhecidos que já foram ao lugar aonde você quer ir para perguntar em que local eles ficaram e se vale a pena a estadia.

Feito isso, entre no site da hospedagem e confira se ela está de acordo com as suas expectativas: se o quarto acomoda a família toda, se a localização ajuda a ir e vir para a praia, e, o mais importante, se as tarifas são possíveis para você.

Caso você não conheça ninguém que tenha ido ao destino pretendido, não se preocupe! Na internet há muitos fóruns e blogs de viagens, além de sites como o Booking ou o TripAdvisor, que costumam contar com a opinião de outros viajantes que indicam, a partir de suas experiências, os pontos positivos e negativos de cada opção de hospedagem.

Confira a localização

Sempre é indicado conferir o endereço da pousada antes de efetuar uma reserva, para, assim, poder visualizar em que parte da cidade se localizam as hospedagens do seu interesse.

Ponha o endereço em um GPS ou no Google Maps para ver se o acesso é fácil, além de verificar se, nos arredores, há mercado, farmácia, restaurantes e outros serviços.

Como a sua viagem é para a praia, a proximidade com o mar é importante, mas se uma hospedagem “pé na areia” for cara para seu orçamento, confira outras que, apesar de não estarem de frente para o mar, proporcionem fácil acesso à praia a pé.

Muitas vezes, os preços da hospedagem baixam, porém o padrão não. Por isso vale a pena pesquisar, também, locais que não sejam de frente para a praia.

Pense na segurança

Conferir a localização é importante por questões de segurança. Ao verificar a zona onde a pousada se localiza, busque informações na internet para confirmar se é uma região afastada ou mais central.

Lembre-se de que locais muito afastados, ou mais escuros, estão mais sujeitos a assaltos, principalmente à noite. Você não quer ser surpreendido negativamente ao voltar de um restaurante ou passeio, não é mesmo?

Entre em contato com o local para saber os horários de funcionamento da portaria, para programar adequadamente sua entrada e saída, e pergunte se há espaço adequado para estacionar o carro.

Fora isso, tente ver pelas fotos se os quartos proporcionam boa privacidade. E considere a segurança, inclusive, em relação ao pagamento. Desconfie sempre de pousadas que exijam pagamento total com antecipação.

Geralmente, a reserva pode ser garantida informando um número de cartão de crédito, mas o valor só será confirmado na fatura quando você chegar ao local (muitas pousadas permitem pagamento em dinheiro também).

Observe as comodidades

Preços baixos são atrativos, mas pode ser que o local mais barato deixe a desejar no quesito comodidade.

Para oferecer preços mais econômicos, muitas hospedagens limitam serviços e cobram outros à parte. Muitas não oferecem refeições, por exemplo, tampouco contam com opções de lazer, como piscinas, brinquedos infantis ou serviço de praia incluído na diária.

Assim, busque sempre o melhor custo-benefício, ou seja, um preço que seja acessível e que inclua uma estrutura a mais completa possível.

Certos aspectos, como café da manhã incluído, ou uma boa área para as crianças se divertirem, podem fazer toda a diferença para sua experiência ser mais prazerosa.

Verifique o valor das tarifas

Apesar de não aparecer como primeiro item desta lista, a tarifa é a primeira preocupação na hora de reservar uma pousada na praia. É fundamental, antes da reserva, definir qual é o orçamento da família para a viagem, e ponderar o valor que poderá ser gasto com as diárias.

Uma pousada de frente para a praia pode ter tarifas mais altas, que permitam apenas duas diárias, por exemplo. Já uma opção um pouco afastada costuma ter preço mais baixo, e isso, quem sabe, pode permitir um dia a mais de estadia.

Lembre-se que quanto mais disposto a pagar uma tarifa mais cara, mais conforto e comodidade você terá. Se seu poder aquisitivo for mais alto, reservar quartos no padrão luxo é garantia de qualidade.

Se você não puder pagar tanto, busque por quartos de categoria premium ou standard, pois as chances de eles terem um custo-benefício adequado ao seu bolso serão maiores.

Seja flexível nas datas

A flexibilidade de datas também ajuda a reduzir tarifas, caso isso seja interessante para você. Se sua viagem puder ser em baixa temporada, ou durante a semana, você pode ficar em um excelente local pagando menos.

Dê preferência a meses que não sejam de férias escolares e a semanas sem feriados. Se puder, pegue férias em um mês pouco cobiçado, como maio ou setembro, e combine com a escola de seus filhos para que eles possam recuperar o conteúdo dado enquanto estiveram ausentes das aulas.

Considere, também, datas em que as condições meteorológicas sejam favoráveis. Pode ser má ideia viajar em fevereiro ou março ao litoral de São Paulo ou do Rio, por exemplo, pois esses meses, apesar de terem temperaturas altas e chamativas para uma praia, são muito chuvosos no Sudeste.

Agora que você conhece as táticas para escolher sua pousada na praia, chegou a hora de garantir as reservas e arrumar a bagagem! Mas não faça isso sem antes conferir o que levar na mala de viagem para a praia!

< Voltar

Gostou da matéria? Se inscreva e receba nossas novidades